ArcelorMittal Aços Longos
  • Tamanho da fonte:
  • Aumentar fonte
  • |
  • Tamanho normal da fonte
  • |
  • Diminuir fonte
Imprimir   Adicionar aos favoritos   Envie esta página

Surge a Belgo-Mineira

História da ArcelorMittal Aços Longos:


Companhia Siderurgica Mineira Instalada em Sabará Em 1920, o Rei Alberto I da Bélgica veio ao Brasil em visita oficial. A convite do Presidente de Minas, Arthur Bernardes, além de sua estadia na capital federal, o rei foi a Belo Horizonte. A visita à capital mineira não era gratuita: empenhado que estava na oposição ao projeto da Itabira Iron, Bernardes recebeu o monarca com todas as honras, tendo em mente a firme disposição de evidenciar o potencial siderúrgico do estado e sensibilizar o rei, para que ele convencesse investidores europeus a direcionarem também para Minas seus negócios. De fato, pouco tempo depois da visita de Alberto I, o grupo belgo-luxemburguês ARBED enviou missão técnica a Minas Gerais, que constatou a possibilidade do grupo se associar a uma empresa brasileira já existente e a partir daí ampliar o negócio.

Assim, em 11 de dezembro de 1921, a Companhia Siderúrgica Mineira realizou uma assembléia de acionistas para aumentar seu capital, que seria subscrito pela ARBED. Com isso, a Companhia Siderúrgica Mineira passava a se denominar Companhia Siderúrgica Belgo-Mineira. No programa inicial da nova empresa, previa-se transformar Sabará em uma usina piloto, destinada a prospectar e experimentar a operação de uma grande usina no Brasil, treinando pessoal, possibilitando o melhor conhecimento das matérias-primas nacionais e de toda a logística operacional, abrindo caminho para aquele que já se delineava como o grande salto da Companhia – a construção, em Monlevade, de uma moderna usina siderúrgica, sem precedentes na história do país.

Entre em contato através do 0800 015 1221
Design Foster Copyright 2012 - ArcelorMittal Aços Longos

Siderúrgica produtora de aços longos, laminados e trefilados para indústria e construção civil